O que aprendi em 2017

Início  |  Desenvolvimento pessoal   |  O que aprendi em 2017

O que aprendi em 2017

Todas as pessoas com quem me cruzo ensinam-me algo. Umas fazem-me aprender, outras recordam-me coisas que já vivi, outras simplesmente fazem-me sentir emoções maravilhosas. Tudo isto gera um potencial imenso de aprendizagem e transformação, na verdade são todas estas pessoas que diariamente me ajudam a ser a minha melhor versão.

Digo-vos então o que em 2017 aprendi e recordei:

Que existem ritmos e caminhos diferentes num casal, o importante é que os dois saibam para onde estão a ir…

Que partilhar sonhos é tão importante quanto partilhar a vida…

Que ao longo da vida nos transformamos, nos descobrimos e reinventamos, mas que é bom ter companhia neste caminho…

Que a nossa melhor versão é sempre a mais bonita, mas nem todos os olhos a verão como tal…

Que quando estamos dispostos a transformar-nos tudo à nossa volta se transforma…

Que acreditar é por vezes a tarefa mais difícil…

Que a vida tem o seu próprio ritmo e de nada adianta acelerar, pois apenas nos desviamos do nosso caminho…

Que não há famílias irrecuperáveis desde que haja esforço comum…

Que um clima de confiança se gera sem críticas, julgamentos ou juízos de valor…

Que um colo que nos acolhe com doçura, paciência e amor, sabe sempre a colo de mãe…

Que tudo na vida tem um propósito e cabe-nos a nós perceber qual…

Que o passado é lá atrás, não aqui e agora…

Que muitas vezes permanecemos no escuro por falta de coragem para enfrentar o nosso próprio brilho…

Que o nosso espaço neste mundo será sempre nosso, só temos é que o ocupar…

Que as almas gémeas existem e o nosso corpo sente quando as encontramos…

Que sem autenticidade não há relação, apenas ilusão…

Que o melhor caminho para uma relação raramente é o mais fácil ou o mais rápido…

Que há um equilíbrio inexplicável no Universo que gera uma justiça implacável…

Que nada é superior aos valores que nos movem, pois são eles que nos edificam…

Que o Amor é infinito e quando partilhado multiplica-se!

Espero que 2018 nos traga grandes aprendizagens que nos ajudem a desenvolver o nosso potencial e nos permita transformarmo-nos na nossa melhor versão!

 

(Este artigo foi publicado na 212ª Edição da Revista SIM, em Dezembro de 2017.)

 

[author id=”” class=”” style=””]

[line id=”” class=”” style=””]

Anterior

Jogos e Papéis

SEGUINTE

Ser Feliz é...

ESCRITO POR:

geral@palavrascomsaude.com

Acredito que cada pessoa que aprende a comunicar de forma saudável com ela própria trilha um caminho de autoconhecimento que a conduz à sua melhor versão.