Melhorar o meu presente

porAna Raquel Velosoem Comunicação, Desenvolvimento pessoal, Em Destaque, Histórias Deixe um comentário

Um destes dias, num Centro Comercial, enquanto era atendida num espaço da praça de alimentação, percebi que a pessoa ao meu lado era minha cliente. Ela já tinha dado pela minha presença e olhava-me serenamente com um sorriso encantador. Óbvio que a reconheci mas demorei algum tempo para me situar…

Em período de férias e a tomar conta da minha sobrinha de 5 anos (que acabara de perder de vista), não estavam de todo reunidas as condições para que lhe pudesse dar a atenção e o mimo com que habitualmente brindo os meus clientes.

Ora, sei isso seria perfeitamente compreensível e aceitável…

No entanto, após me despedir e afastar (e depois de encontrar a pequena já sentada junto da avó), comecei a sentir algum desconforto. Parei um pouco para me sentir e depois enviei-lhe uma mensagem, não para me desculpar, mas sim para lhe apresentar as minhas desculpas.

Percebi de imediato que de pouco tinha adiantado, continuava com desconforto dentro do meu peito e até levantei os olhos para ver se a encontrava. Não a vi, e na verdade aquele não era o momento certo. Não ia conseguir resolver nada naquele momento pelo que tomei uma decisão: parei de pensar no assunto. Mais logo, num ambiente tranquilo, a coisa certa para fazer surgir-me-ia. E assim foi!

No início da noite enviei mensagem dizendo o que estava a sentir e pedindo a sua ajuda para resolvermos a questão. Como a conheço bem sabia que havia ficado triste com a situação, embora compreendesse a forma como as coisas aconteceram.

Na vida pouco me importa se tenho razão ou se as circunstâncias justificam as minhas ações. Na vida importa-me aquilo que sinto e faço os outros sentir. Essa é a responsabilidade que assumo. E por isso, na mensagem dei-lhe duas opções que passava ambas por lhe dedicar um pouco do meu tempo. E assim foi, de forma honesta assumimos as nossas emoções e o nosso encontro foi agendado.

Este episódio foi profundamente relevador e enriquecedor para mim. Percebi que não é meu objetivo andar a remediar o passado com o propósito de melhorar o meu futuro. O que quero é melhorar o meu presente, tomando as decisões certas quando sinto que as devo tomar.

A vida é o momento presente, não ontem ou amanhã. A única coisa que temos que decidir é como vamos viver esse momento, e isso sim determina o vivemos no futuro e como iremos recordar do nosso passado.

A vida é agora e eu tenciono viver este momento da melhor forma que posso e sei!

Grata minha querida C por me permitires esta vivência e tamanha aprendizagem.

 

 

Author Image

Ana Raquel Veloso

Licenciada em Ciências da Comunicação, Pratictioner em Programação Neurolinguística e Pós-Graduada em Neuropsicologia Clínica.


Ana Raquel VelosoMelhorar o meu presente
Author Image

Ana Raquel Veloso

Licenciada em Ciências da Comunicação, Pratictioner em Programação Neurolinguística e Pós-Graduada em Neuropsicologia Clínica.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO